trf

TRF 4ª Região – 2014


Informações sobre o concurso

Órgão: Tribunal Regional Federal 4ª Região

Ano: 2014

Cargo: Técnico Judiciário

Área: Administrativa

Banca: FCC

 

Orientações da banca

Conforme Edital publicado, Capítulo X, item 3, na Prova Discursiva − Redação, será atribuída nota ZERO à Prova Discursiva − Redação que:

a. fugir à modalidade de texto solicitada e/ou ao tema proposto;
b. apresentar textos sob forma não articulada verbalmente (apenas com desenhos, números e palavras soltas ou em versos) ou qualquer
fragmento de texto escrito fora do local apropriado;
c. for assinada fora do local apropriado;
d. apresentar qualquer sinal que, de alguma forma, possibilite a identificação do candidato;
e. estiver em branco;
f. apresentar letra ilegível e/ou incompreensível.

A folha para rascunho no Caderno de Provas é de preenchimento facultativo. Em hipótese alguma o rascunho elaborado pelo candidato será considerado na correção da Prova Discursiva − Redação pela banca examinadora.

Na Prova Discursiva − Redação, deverão ser rigorosamente observados os limites mínimo de 20 (vinte) linhas e máximo de 30 (trinta) linhas, sob pena de perda de pontos a serem atribuídos à Redação.

A Prova Discursiva − Redação terá caráter eliminatório e classificatório e será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem), considerando-se habilitado o candidato que nela obtiver nota igual ou superior a 60 (sessenta) pontos.

O candidato não habilitado na Prova Discursiva − Redação será excluído do Concurso.

 

Prova de Redação – TRF 4ª Região 2014

Texto 1
É verdade que a troca de mensagens é bastante hermética. E que meios como SMS e Twitter, com a restrição de caracteres e o imediatismo que demandam, limitam elaborações. Mas até que ponto esse tipo de mensagem surgiu como substituto para a escrita? (…) Algoritmos, diagramas, fala, escrita, matemática e gestos são formas de tradução de ideias pensadas, que muitas vezes compartilham elementos, mas nem sempre. Não há equivalente verbal para :) – (RADFAHRER, L. “Txt não é texto”, In: F. de São Paulo, 19/05/2014)

 

Texto 2
Platão, no século IV a.C., nos conta que os caracteres da escrita teriam sido descobertos por Tot, no antigo Egito. Crente de ter encontrado um remédio para a memória, apresenta sua descoberta ao rei Tamus, por quem é assim desenganado: “Não descobriste o remédio para a memória, mas apenas para a lembrança. O que ofereces aos que estudam é simples aparência do saber, não a própria realidade. Depois de ouvirem um mundo de coisas, sem nada terem aprendido, considerar-se-ão ultrassábios, quando, na grande maioria, não passarão de ignorantões…”.
(Fedro, 275a-b, trad. de Carlos Alberto Nunes, Ed.ufpa, 2011)

A partir da leitura dos textos acima, elabore um texto dissertativo-argumentativo sobre o papel da linguagem escrita na sociedade contemporânea. Justifique seu ponto de vista.

 

Dicas da Oficina

Antes de começar a escrever, pesquise sobre o tema e anote os argumentos relevantes que encontrar. Selecione opiniões contrárias e favoráveis ao assunto, exemplos, dados estatísticos e verifique se a legislação brasileira fala algo sobre o tema.

Na hora de escrever, simule o ambiente de prova. Escreva em uma folha de redação numerada, cronometre o tempo e não se distraia. Isso fará com que você fique menos ansioso durante a prova oficial.

Peça a alguém para corrigir suas redações. Você pode pedir a um amigo, a um professor ou pode enviar seus textos para a equipe da Oficina de Redação. Nós oferecemos a correção gratuita de uma das suas redações e também comercializamos pacotes de correções de redações. No serviço gratuito, marcaremos todos os erros do seu texto e daremos um diagnóstico geral para que você saiba se está escrevendo bem ou se precisa treinar um pouco mais. Se você adquirir um dos Planos de Correção, faremos comentários sobre todos os erros cometidos e daremos dicas para você corrigi-los.

Independentemente de qual alternativa escolher, corrigir os erros antes da prova é o que garantirá a sua aprovação, portanto, não deixe de fazer isso.