Enem – 2006

Informações sobre o concurso

Órgão: Enem

Ano: 2006

Banca: CESGRANRIO

 

Prova de Redação – Enem 2006

Uma vez que nos tornamos leitores da palavra, invariavelmente estaremos lendo o mundo sob a influência dela, tenhamos consciência disso ou não. A partir de então, mundo e palavra permearão constantemente nossa leitura e inevitáveis serão as correlações, de modo intertextual, simbiótico, entre realidade e ficção. Lemos porque a necessidade de desvendar caracteres, letreiros, números faz com que passemos a olhar, a questionar, a buscar decifrar o desconhecido. Antes mesmo de ler a palavra, já lemos o universo que nos permeia: um cartaz, uma imagem, um som, um olhar, um gesto. São muitas as razões para a leitura. Cada leitor tem a sua maneira de perceber e de atribuir significado ao que lê.

(Inajá Martins de Almeida. O ato de ler. Internet: <www.amigosdolivro.com.br> (com adaptações). )

 

Minha mãe muito cedo me introduziu aos livros. Embora nos faltassem móveis e roupas, livros não poderiam faltar. E estava absolutamente certa. Entrei na universidade e tornei-me escritor. Posso garantir: todo escritor é, antes de tudo, um leitor.

(Moacyr Scliar. O poder das letras. In: TAM Magazine,  jul./2006, p. 70 (com adaptações).)

 

Existem inúmeros universos coexistindo com o nosso, neste exato instante, e todos bem perto de nós. Eles são bidimensionais e, em geral, neles imperam o branco e o negro.  Estes universos bidimensionais que nos rodeiam guardam surpresas incríveis e inimagináveis! Viajamos instantaneamente aos mais remotos pontos da Terra ou do Universo; ficamos sabendo os segredos mais ocultos de vidas humanas e da natureza; atravessamos eras num piscar de olhos; conhecemos civilizações desaparecidas e outras que nunca foram vistas por olhos humanos.  Estou falando dos universos a que chamamos de livros. Por uns poucos reais podemos nos transportar a esses universos e sair deles muito mais ricos do que quando entramos.

(Internet: <www.amigosdolivro.com.br> (com adaptações). )

 

Considerando que os textos acima têm caráter apenas motivador, redija um texto dissertativo a respeito do seguinte tema:  O poder de transformação da leitura.

 

Dicas da Oficina

Antes de começar a escrever, pesquise sobre o tema e anote os argumentos relevantes que encontrar. Selecione opiniões contrárias e favoráveis ao assunto, exemplos, dados estatísticos e verifique se a legislação brasileira fala algo sobre o tema.

Na hora de escrever, simule o ambiente de prova. Escreva em uma folha de redação numerada, cronometre o tempo e não se distraia. Isso fará com que você fique menos ansioso durante a prova oficial.

Peça a alguém para corrigir suas redações. Você pode pedir a um amigo, a um professor ou pode enviar seus textos para a equipe da Oficina de Redação. Nós oferecemos a correção gratuita de uma das suas redações e também comercializamos pacotes de correções de redações. No serviço gratuito, marcaremos todos os erros do seu texto e daremos um diagnóstico geral para que você saiba se está escrevendo bem ou se precisa treinar um pouco mais. Se você adquirir um dos Planos de Correção, faremos comentários sobre todos os erros cometidos e daremos dicas para você corrigi-los.

Independentemente de qual alternativa escolher, corrigir os erros antes da prova é o que garantirá a sua aprovação, portanto, não deixe de fazer isso.